'Amanhecer - Parte 2' terá final diferente do livro

10.08.2012
Renato Marafon

Segundo a Entertainment Weekly, o final do filme 'A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2' será diferente do livro.

Stephenie Meyer, autora da série literária, e a roteirista Melissa Rosenberg criaram um novo desfecho para a história durante um jantar

"Quando li o roteiro pela primeira vez tive que parar e voltar uma página, e me perguntei o que havia acontecido. O novo final faz justiça à série", revelou Robert Pattinson.

"Obviamente a alteração foi feita por pessoas que amam essa obra. E por isso eu acho Bill Condon o diretor perfeito. Agradeço a Deus por ele", concluiu Kristen Stewart.

Os detalhes sobre a alteração e as últimas cenas é mantido em segredo absoluto.

Vale lembrar que a Paris Filmes alterou o título nacional novamente. A distribuidora, que anunciou que o título do filme seria 'A Saga Crepúsculo: Amanhecer - O Final', voltou atrás na decisão. O filme será lançado no Brasil como 'A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2'.

[SPOILERS] No fim da Parte 1, Bella quase morre, mas Edward consegue transformá-la em vampira. Ao ver Reneesme, filha de Bella, Jacob tem um imprinting (amor à primeira vista). Bella não aceita esse fato no início, mas depois compreende e eles convivem em harmonia. Após algum tempo, entretanto, a criança (que se desenvolve rapidamente) é vista por Irina, do clã Denali, que está com raiva dos transmorfos, pois eles mataram Laurent - um integrante do clã de James (Crepúsculo), "amante" que ela teve quando ele foi morar em Denali. Irina fica com raiva e conta aos Volturi sobre Renesmee, iniciando um batalha sangrenta, que dará fim à Saga Crepúsculo.

'A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2' estreia em 16 de novembro de 2012.

Bill Condon é o diretor. Ele tem no currículo filmes de prestígio como 'Kinsey - Vamos Falar de Sexo' e 'Dreamgirls - Em Busca de Um Sonho'. Segundo ele, o longa deixará o romance de lado e se focará mais na ação. "Teremos o encontro dos clãs de vampiros de todo o mundo, então será mais global, e épico", finalizou.