Homem de Ferro

O que determina o quão bom será um filme de super-heróis não são os efeitos especiais ou o número de cenas de ação. Eles importam sim, mas não tanto quanto o aprofundamento dos personagens principais, seus medos, seus erros e acertos, em fim, sua essência. Foi com esse intuito que 'Homem-Aranha' e 'Batman Begins' obteram sucesso gigante da crítica: eles não só exploravam os efeitos visuais, como também a personalidade de cada um de seus personagens.

E eis que surge este 'Homem de Ferro', entrando para o hall de melhores adaptações de HQ's, com personagens incríveis e detalhados e cenas de ação de tirar o fôlego.

Logo no início da produção do filme, a Marvel encarou o desafio de encontrar um diretor que não apenas desse conta dos aspectos técnicos que envolvem a execução de um grandioso filme de ação, mas alguém que pudesse sobretudo introduzir no enredo o elemento humano tão presente nos personagens de histórias em quadrinhos. Para a equipe criativa da Marvel, a potencial lista de diretores começou e terminou com Jon Favreau ('Zathura').

O diretor Jon Favreau resume o sentimento em suas próprias palavras: "Foi uma dessas oportunidades raras em que a combinação do que todos levaram para a mistura elevou o filme a ponto de exceder minhas melhores expectativas. Foi um ato de equilíbrio incluir na produção uma visão nova, ainda que nos mantendo fiel ao gênero. Sinto que fizemos um filme sólido, que atrairá um público abrangente, assim como os leitores da história em quadrinhos que cresceram com o personagem 'Homem de Ferro'." E agradou!

Tony Stark (Robert Downey Jr.) é inventor e maior fornecedor de armas do governo americano. E a vida dele nunca mais será a mesma depois que ele é atacado e mantido refém por um grupo de rebeldes afegãos.

Ferido por estilhaços de granada que se alojam perto de seu coração, Tony recebe a ordem de construir no cativeiro uma devastadora arma, mas, em vez disso, usa suas habilidades para criar uma armadura que permite que ele consiga fugir.

Ao retornar aos Estados Unidos, Tony promete dar um novo rumo às Indústrias Stark. Ele passa dias e noites desenvolvendo e aperfeiçoando uma avançada armadura que lhe propiciará uma força sobre-humana. Quando Tony descobre um plano abominável com implicações globais, jura proteger o mundo como sua nova personalidade, o 'Homem de Ferro'.

O elenco, grandioso, consegue dar mais vida ao filme e convence em seus personagens. Downey Jr. tem cara de ser um playboy metido, passando ao seu personagem um certo ar de arrogância, que para os fãs da HQ é um prato cheio. Gwyneth Paltrow está, como sempre, perfeita, assim como Terrence Howard. E o sumido Jeff Bridges, retorna à sua melhor forma como Obadiah Stane.

Se o bom elenco é um ponto positivo para os personagens do filme, os efeitos especiais e a direção de Favreau completam o desempenho do ótimo blockbuster. Durante as quase duas horas de projeção, ele consegue manter o ritmo frenético e não desaponta os cinéfilos: 'Homem de Ferro' é ação do começo ao fim.

Nota:
Crítica por: Renato Marafon
Site Oficial : ---