Fracasso de 'John Carter' causa demissão do presidente da Disney

23.04.2012
Renato Marafon

O fracasso gigantesco de 'John Carter: Entre Dois Mundos' nas bilheterias pode ter causado a demissão de Rich Ross, presidente da Disney.

Nesta sexta-feira (20/4), Ross anunciou sua demissão do cargo, após 15 anos de trabalho na empresa.

Ele foi nomeado diretor do estúdio em 2009, após muito sucesso como presidente do Disney Channel.

“Foram 15 anos de grandes oportunidades, trabalhei com pessoas incrivelmente talentosas na marca mais amada do mundo. Porém, as pessoas devem ficar nos empregos certos, em papéis que as deixem apaixonadas, cumprindo funções que exijam todas as suas habilidades. Não acredito mais que o papel de presidente seja a escolha profissional correta para mim. Por essa razão, tomei a difícil decisão de pedir demissão do cargo de presidente dos Walt Disney Studios”, alegou.

A Disney não deve nomear imediatamente um novo presidente.

A adaptação cinematográfica de 'A Princesa de Marte' (John Carter de Marte) precisava arrecadar, no mínimo, US$ 700 milhões mundialmente para render lucro à Walt Disney. O filme arrecadou apenas US$ 269 mundialmente. O orçamento do projeto foi de altíssimos US$ 250 milhões, sem contar nos gastos de marketing.